Volume
Rádio Offline
POVO GAVIÃO KYIKATÊJÊ CELEBRA A SAFRA DA CASTANHA: Esporte e Cultura fortalecem o povo guerreiro
07/04/2019 16:51 em Novidades

Acontece na aldeia Kyikatêjê do povo Gavião, localizada na Terra Indígena Mãe Maria,
no sudeste do Pará, a 8ª Edição dos Jogos da Safra da Castanha. O evento reúne cerca de 1000 parentes,
de onze etnias da região amazônica. Entre os convidados a cantora indígena Djuena Tikuna,
que fará duas apresentações  durante os últimos dias da festa.


Os jogos tiveram início no dia 31 de  março e terminam nesta segunda-feira dia de 8 abril,
com uma média de público de quase 2.000 pessoas por dia, entre indígenas e Kupens,
como os parentes chamam os não-indígenas. Caravanas de expectadores das cidades vizinhas
visitam os Gavião lotando as arquibancadas instaladas no pátio central da aldeia 
para acompanhar essa grande festa, uma verdadeira interação entre povos.

Provando o caráter de valorização cultural e o respeito aos saberes indígenas, 
o evento tem proporcionado aos participantes uma troca de aprendizado muito importante.
O evento marca o calendário cultural do povo Gavião Kyikatêjê com diversos jogos indígenas tradicionais e muita cantoria.
Um dos momentos mais aguardados é o da Corrida de Tora, que acontece sempre no final da tarde,
A noite é encerrada ao som dos maracás que embalam as cantorias Gavião.

De acordo com o organizador da festa, o parente Pepkrakte Jukukreikapiti Ronore Konxari,  
também conhecido como cacique  Zeca Gavião, a Safra da Castanha tem se mostrado um momento especial
de interação e aprendizado do povo Gavião com seus parentes. "Nosso desafio é fortalecer e revitalizar a nossa identidade cultural, estamos nessa luta que enfrentamos aqui com grandes empreendimentos em nossa reserva, que trazem problemas que nosso povo não estava preparado.Estamos tentado superar as dificuldades através da cultura", afirmou o parente Gavião.

Para a professora Concita Sompré, do povo Xerente, que aos 8 anos foi morar com os Gavião, a música tem um papel de fundamental importância dentro do contexto indígena. "Buscamos por manter e transmitir esses conhecimentos, em meio aos  processos de colonicaçaoas e das grandes mudanças que tem ocorrido, principalmente a entrada de novas tecnologias como a internet. A Safra da Castanha veio afirmar que pudemos caminhar juntos, dizendo que a cultura indígena é importante".

Texto: Djuena Tikuna
Fotos: Diego Janatã

 

 

 

COMENTÁRIOS