Volume
Rádio Offline
MOSAICO DA MÚSICA INDÍGENA

O MOSAICO DA MÚSICA INDÍGENA é uma iniciativa independente de registrar, os diversos artistas dos mais de 305 povos indígenas vivendo no Brasil, com o objetivo de montar um grande portfólio de artistas indígenas,  com o nome e contato destes, contribuindo com a divulgação dos seus trabalhos e facilitando o processo de contratação para apresentações culturais, shows, vivências, entre outros. Em nenhum momento temos o interesse de servir como agenciadores, empresários ou produtores. Pois acreditamos no protagonismo dos artistas indígenas, sendo eles os responsáveis por seus trabalhos.

Visando contribuir com uma maior visibilidade e interação do movimento indígena, vamos através desse processo, identificando também quais são as organizações indígenas de referência para os artistas. Assim vamos nos articulando com o movimento indígena e contribuindo com nossas organizações, ajudando a pautar a cultura junto às nossas lideranças.

Como o objetivo maior do nosso trabalho é valorizar a música indígena, seja a do tempo dos antigos que se perpetua a cada nova geração, bem como a dita "moderna" ou "contemporânea", nos preocupamos em registrar os grandes fazedores de nossas culturas, cantores e cantoras tradicionais, músicos e artesões que são os verdadeiros guardiões da nossa musicalidade ancestral, para que assim possamos nos conhecer e reconhecer a importância da cultura indígena como um pilar de sabedoria e consciência, capaz de fazer do mundo um lugar melhor para se viver.   

Incluimos, aleatoreamente, diversos nomes já conhecidos em nossas redes de relacionamento e vamos atualizar nossa página constantemente. Entretanto, para facilitar o registro, elaboramos um breve questionário que deve ser preenchido pelos interessados em participar da nossa rede. Assim divulgamos no Portal Djuena Tikuna, bem como em todas as nossas redes sociais, inclusive para os possíveis contratantes, tais como: produtoras, empresas, intituições culturais, Festivais, etc. Assim geramos um conteúdo positivo para o Portal e contribuímos com o trabalho dos parentes que, assim como nós, enxergam no poder da cultura, uma ferramenta de identidade, dignidade e transformação social.

Por isso acreditamos ser importante pautar a cultura em nossos espaços de fala. A cultura está ligada a nossa essência e integrada ao Território, a Saúde, a Educação e por todos as nossas outras reinvindicações. Falar de cultura é importante, pois destaca quem somos e quem defendemos ser.
Que nossos cantos ecoem pelo mundo, levando a voz de nossa resistência.

Quer entrar em nossa rede parente ? Participe do Mosaico da Música Indígena. É só preencher o formulário abaixo, contando um pouco de você e do seu grupo musical, o nome da sua aldeia e da Terra Indígena que faz parte ou se mora na cidade também. Não esqueça de mandar uma foto sua ou do seu grupo para o nosso e-mail: djuenatikuna@gmail.com

"SOMOS COMO OS PÁSSAROS MULTICOLORIDOS QUE CANTAM MELHOR EM REVOADA"

 

Enviado com sucesso

AMAZÔNIA

BAIAROÁ
(AMAZONAS)

Um dos mais tradicionais grupos de música indígena situados em Manaus, o Baiaroá é formado por seu Justino Tukano e sua família. Seu Justino é um grande incentivador da cultura na região, um dos pioneiros
em trazer o conhecimento da musicalidade indígena para fora das aldeias, dialogando com o mundo. O grupo é responsável por difundir o valioso ritual do parentes do alto Rio Negro chamdo Dabukuri, com as flautas sagradas (japurutu) e as flautas de pan (kariçu) entre outras,  são executadas com maestria por esse guardião da cultura indígena na cidade de Manaus. 


 

INHAMBE KURIN 
(AMAZONAS)

Grupo formado por parentes do povo Satere Mawe, originário do baixo Amazonas.
Radicado em Manaus, o grupo desenvolve canções na língua materna, exaltando em especial,
suas expressões culturais como a farinhada, o guaraná, a formiga tucandeira, entre outros.

WARUNA 
(AMAZONAS)

Originário do Alto Solimões, o grupo Waruna é formado por representantes do povo Kokaka Kukamiria
Desenvolvem um ritmo bem especial, com influências do trapézio amazônico (Brasil -Colombia - Peru),
na levada da cumbia, os parentes expressam sua musicalidade indígena,
divulgando sua língua materna, como forma de resgate e resistência cultural.

 

JOSÉ TIKUNA E KAMILLA SATERÊ
(AMAZONAS)

A dupla de artistas tem trabalhado com a diversidade musical amazônica,
nas expressões influênciadas pela música indígena, se apoderando
de elementos como o Boi Bumbá para dar voz à sua musicalidade.
José Tikuna, além de músico, também desenvolve trabalhos de pajelança,
e é um reconhecido artesão indígena, confeccionando uma variedade de artefatos,
tais como cocar, brincos, colar, além de instrumentos músicais do seu povo.

 

BU'U KENNEDY 
(AMAZONAS)

Bu'ü Kennedy é do povo Ye'pá Mahsã (Tukano) e tem desenvolvido trabalhos
por diversas partes do país e do mundo com o uso da sua medicina da floresta,
facilitando vivênciais, rituais e cura. Além de palestrante cultural de suas tradições,
é um exímio artista plástico, confeccionando além de telas, objetos em marchetaria,
todos com a temática indígena, ligada à cosmologia de seu povo.

 

 GRUPO BAJUNA
(AMAZONAS)

 

Grupo liderado pelo cantor e compositor Dobertino Munduruku, artista amazonense
que desenvolve suas atividades em manaus e região.
Desenvolve um estilo musical particular, interpretando suas composições
na língua materna, com fortes influências do Forró, Toada e também do carimbó.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

;;;

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

~~

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A  








 

 

 

 

NORDESTE


CENTRO-OESTE

SUL

SUDESTE